terça-feira, 1 de dezembro de 2009

TEMOS PASTOR - 3ª PARTE (FINAL)



Estamos caminhando para o final de nossa meditação no Salmo 23. Anteriormente vimos nosso Pastor como Providente e Guia. Hoje vamos ver um outro aspecto do pastoreio do nosso Deus.

3. Ele é Acolhedor (5 – 6) - Esse Deus que é Pastor Providente e Guia dos seus é também Hospedeiro; Ele é o que prepara uma mesa na presença dos adversários. A melhor tradução aqui para adversários seria provocadores. Davi de forma direta trata daquilo que vinha sendo dito antes de maneira mais figurada. Ele nos fala que pela liberalidade divina, é suprido com tudo quanto lhe é necessário para manutenção desta vida. Ao dizer: Tu preparas uma mesa perante mim, está declarando que Deus lhe fornecerá o sustento como um pai que estende a mão para dar comida a seu filho. Então enaltece esse benefício a partir de uma consideração adicional ao dizer que embora, ou por mais que muitas pessoas maliciosas invejem sua felicidade, e desejem sua ruína, Deus não desiste de demonstrar sua inesgotável liberalidade para com ele e de fazer-lhe bem.
É interessante notar agora as figuras na parte restante do quinto verso:unges-me a cabeça com óleo; o meu cálice transborda. Há um caráter festivo nessa unção com óleo, que cabe muito bem na ocasião. Nos tempos antigos ninguém imaginava receber um convidado em uma de suas grandes festividades e não acolhê-lo sem honrosamente perfumá-lo.
Ungir com óleo e transbordar de cálice, devem ser explicados como denotando a abundância que vai além do mero suprimento das necessidades comuns da vida. O derramar perfumaria de forma honrosa os convidados para os banquetes e em decorrência haveria o transbordar do cálice que podemos certamente entender como derramar ou transbordar de alegria. Parece-me que aqui o poderoso e extremamente confiante rei Davi está agora num momento de derramamento de gratidão, diante do Senhor pela sua divina providência; e de fato seria até estúpido que não houvesse total gratidão de sua parte para com Deus. Após derramar-se de grato pela certeza de que tinha no Senhor seu Hospedeiro, Davi caminha para o final do salmo de forma tão bela quanto começou.
Se o início ele diz que o Senhor é seu Pastor, aqui, tendo-o como hospedeiro, nos mostra as conseqüências disso: Bondade e misericórdia certamente me seguirão: Davi expressa sua convicta certeza da continuação delas até o fim de sua vida. Essa certeza no coração do rei estava firmada na beneficência de Deus. Em termos gerais o salmista nutria em seu coração a esperança baseada na bondade do Pastor que jamais falha e que lhe seria favorável até o fim.
Queridos, comer e beber na mesa de alguém criava um vínculo de lealdade mútua, podendo ser um culminante sinal de uma aliança. Assim aconteceu em Ex 24. 8 -12, onde os anciãos de Israel "viram a Deus, e comeram e beberam"; assim também foi Última Ceia, quando Jesus anunciou: "Este é o cálice da nova aliança, no meu sangue" (1Co 11.25). Ser hóspede de Deus é muito mais que ser um mero conhecido, convidado para o dia. É conviver com Ele. Há aqui mais uma vez a idéia de peregrinação que terminaria na Casa do Senhor. "E habitarei na casa do Senhor para todo sempre". Literalmente as palavras do rei devem ser traduzidas por "para a duração dos dias" que não é necessariamente uma expressão para a eternidade. Mas a lógica da aliança divina não permite terminação alguma do Seu compromisso com os homens por quem Cristo derramou seu precioso sangue. Somos então levados a olhar pra esse texto crendo que verdadeiramente habitaremos com o Senhor por toda a eternidade.

Meu
s queridos, o Salmo do Pastor deve agir em nossas vidas como um combustível para gratidão ao Senhor que nos amou, nos pastoreia, nos guia e prepara-nos para comunhão eterna e perfeita com ELE mesmo. Ler essa poesia conforta os corações entristecidos, traz refrigério aos cansados e enche de esperanças aqueles que verdadeiramente amam o PASTOR.
Que ao meditar nessa pela poesia você possa encher-se de um novo ânimo pela firme convicção de que O Senhor é seu Pastor, dEle você não terá falta!

Deus nos cuide!

Um abraço carinhoso,

Pr. Caco


Fonte: Postado originalmente no Ortopraxia, o blog do Pr. Caco.

2 comentários:

Eliel Vieira disse...

Blog Interessante! Já estou seguindo.

Depois da uma passada no meu blog e, se gostar do conteúdo, sinta-se convidado a segui-lo.

Abraço!

Eliel Vieira
www.elielvieira.org

Alexandre Pitante disse...

Paz,

Parabéns, pelo seu trabalho neste blog. Que Deus em Cristo Jesus lhe continue abençoando poderosamente.

Estou seguindo o vosso blog.

Aproveito pra lhe convidar a visitar meu blog também. Avivamento pela Palavra é um blog voltado aos amantes da Bíblia sagrada como Verdade Absoluta e que só através Dela seremos mais crentes e mais cheios do Espirito Santo. Comente, pois seus comentários são muito importante para mim poder estar sempre em melhorias no meu blog.

http://www.alexandrepitante.blogspot.com/

Siga-nos também.

Fica com Deus.
Um abraço, Alexandre Pitante.

Seguidores