domingo, 15 de novembro de 2009

Dando testemunho da graça



healing_of_the_blind_man 

“… Uma coisa sei: eu era cego e agora vejo!”

(João 9.25b)

 

Nossa fé é constantemente questionada, a veracidade da Graça também. Não são raras as vezes em que somos confrontados com argumentos que defendem a inexistência de Deus e, por conseguinte, a ineficácia da Graça. Mas há como rebater tais ataques.

Há um ditado que diz: “Contra fatos não há argumentos”. E é aí que podemos rebater as declarações dos que se opõem a Deus e a sua Maravilhosa Graça. Somente com  nosso testemunho pessoal, uma vida que seja sacrifício vivo e agradável a Deus, é que podemos fazer valer o referido ditado, e contra os fatos da Graça quaisquer argumentos serão inválidos.

Foi assim com um certo cego de nascença. Aquele homem fora curado por Jesus, mas os fariseus iniciaram uma investigação, a fim de invalidar o milagre e declarar que Jesus era apenas um charlatão. E como não conseguiam provar nada, foram até o que havia sido agraciado com a cura e lhe importunaram, tentando fazê-lo vacilar na fé; chegaram a dizer que Jesus era um pecador, ou seja, era alguém descredenciado para realizar tal milagre. Contudo a resposta daquele homem foi:  “Não sei se ele é pecador ou não. Uma coisa eu sei: eu era cego e agora vejo!”.

Mas você não precisa ter sido curado de cegueira ou de câncer para dar testemunho da Graça e de sua eficácia. A sua conversão, sua mudança de atitude (não falo de simples mudança da idumentária ou de hábitos alimentares etc), sua nova visão da vida, o exercício da fé e da caridade (o amor que gera boas obras) é que fazem valer o seu testemunho. E não haverá argumentos contra tais fatos.

Exercite a fé e o amor que você recebeu de Deus, através de Cristo. Faça com que suas ações sejam um forte testemunho da Graça. Que a sua vida seja um culto a Deus, ou seja, que em tudo se possa dar graças a Deus por você. A vida cristã não precisa de um milagre maior que a própria salvação (se é que existe milagre maior que a obra da Graça). Dê testemunho deste milagre hoje.

Amazing Grace

“I once was lost, but now am found,
  Was blind, but now I see.”

John Newton, Olney Hymns (London: W. Oliver, 1779)

Graça Maravilhosa

“Eu estava perdido, mas agora fui encontrado,
  Era cego, mas agora vejo.”

(Em tradução livre por Isaac Marinho)

Que a graça e paz do Senhor Jesus sejam manifestas em sua vida.

Um forte abraço.

Um comentário:

Isaac Marinho disse...

Em tempo...

A versão da bíblia usada nas citações é a NVI, Edição de 2001.

E, mais uma vez, quero deixar aqui minha gratidão a Pamy (jovem que conheço do JOTEC/IFPB), que bondosamente se dispôs a cooperar revisando o texto. Que Deus continue te abençoando, guria!

Fiquem todos na paz do Senhor Jesus.

Abraço.

Seguidores