domingo, 12 de julho de 2009

Você já orou hoje?



Criança orando.

Mateus 6

9 Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome;

10 Venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu;

11 O pão nosso de cada dia nos dá hoje;

12 E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores;

13 E não nos induzas à tentação; mas livra-nos do mal; porque teu é o reino, e o poder, e a glória, para sempre. Amém.

Nota: Bíblia Sagrada - Almeida Corrigida e Revisada Fiel (Ed. 1994).

Jesus orava constantemente. Ele perseverou em oração durante todo seu ministério terreno, principalmente nos momentos mais difíceis, como no Getsêmani (Lucas 22.44). Os evangelhos de Lucas e Mateus descrevem a devoção pessoal de Jesus na oração.

Antes de iniciar seu ministério Jesus se aplicou a oração durante quarenta dias (Mateus 4.2), para escolher os apóstolos ele passou a noite em oração (Lucas 6.12), quando os apóstolos estavam em uma tormenta no mar, Jesus estava orando antes de ir acudí-los (Mateus 14.23-32), quando perguntou aos discípulos acerca de sua identidade, Jesus estava orando em particular (Lucas 9.18).

Jesus mantinha constate relacionamento com o Pai através da oração. Assim, Jesus deixou-nos o segredo para obtermos sucesso em tudo que nos propuzermos a fazer. A oração é a mais poderosa ferramenta que o cristão possui, pois é o principal instrumento de comunicação com o Pai; sem o oração o cristão fica sem rumo, sem direção.

Mesmo quem já confessou a Cristo, pode hoje estar se sentindo sem direção; se é esse o seu caso, saiba que a oração é o seu recurso principal para manter-se na direção e dentro da vontade de Deus. Você pode conhecer muito a Bíblia a ponto de saber que está no local errado, mas é através da oração que você irá encontrar o combustível necessário para executar a vontade de Deus.

Orar não é fácil, ser cristão também não. Se não perseverarmos na oração simplesmente seremos mais um dos que confessam a Jesus de lábios, mas sequer entendem o sacríficio dele e a vontade de Deus em suas vidas.

Não prive sua alma desse benefício, dedique-se a oração.


Deus continue abençoando vocês!


2 comentários:

Paladyno disse...

Sempre ensinei que o dízimo não é apenas dedicar 10% do seu ganho financeiro para a obra de Deus, vai além disso. Devemos fazer os nossos devocionais diariamente e dedicar o máximo de tempo possível lendo a Bíblia e orando, tentar alcançar os 10% do nosso tempo neste devocional. Em outras palavras, dizimar também o nosso tempo.
Ter o nosso devocional diário para estudo e oração é fundamental.

Templo do Paladyno

Mauricio disse...

Dar 10% do nosso tempo diário para Deus é realmente uma tarefa difícil, mas não é impossível. calculemos:
30 minutos de meditação na escrituras.
30 minutos de oração.
20 minutos para falar de Jesus para alguém (no almoço, no onibus, no intervalo da escola, etc)
30 minutos escrevendo ou lendo um post devocional.
30 escutando e/ou louvando boa música evangélica.
20 minutos estudando a revista da EBD.
Basta apenas encaixar na rotina diária, não necessáriamente na mesma ordem e tempo, mas se fizermos pelo menos 3 das tarefas acima, tenho certeza que nosso dízimo diário será pago e ficaremos em dia com o Senhor e com nosso alma.

Seguidores