segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Dívida de amor



Foto mãos formando coração

"A ninguém fiqueis devendo coisa alguma, exceto o amor com que vos ameis uns aos outros."
(Romanos 13.8 - A.R.A.)

Vivemos num mundo onde o consumismo impera, as ofertas de compra a prazo não param de aparecer, "30,60,90,120 dias sem entrada e sem juros", "pague daqui a 150 dias", "dividimos em 10 vezes no cartão" e tantas outras propostas que muitas vezes nos fazem "cair em tentação"; nosso desejo e nossa necessidade falam mais alto. Não que seja errado comprar a prazo, Deus só não aceita que você compre e deixe de pagar, a única coisa que Ele quer que você fique devendo é o amor.

Isso mesmo o amor, que é o maior mandamento que Cristo nos deixou: "Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros." (Rommanos 12.10). Muitas vezes quando recebemos nosso salário, usamos quase todo para pagar dívidas, nos dá uma dor no coração e até nos arrependemos de algo que compramos, mas numa próxima oportunidade... fazemos tudo de novo.

Porém, vamos voltar para o amor, o maior e mais lindo sentimento que existe, e que Cristo quer que exercitemos com o nosso próximo. Assim como temos preocupação em quitar nossas dívidas materiais, devemos nos preocupar também com a dívida do amor. Todos nós temos essa dívida com o nosso próximo e muitas vezes deixamos passar despercebida. Lembremos então que estamos devendo amor ao nosso próximo e não temos um prazo de 120 dias para pagar, enquanto vivermos estaremos sempre em dívida.

Não esqueçam de pagar sua dívida hoje!
Tenham uma ótima semana!

Nenhum comentário:

Seguidores