domingo, 19 de outubro de 2008

Arrependimento



"Se afirmarmos que estamos sem pecado, enganamos a nós mesmos, e a verdade não está em nós."
(1 João 1.8 - NVI)


Foto Arrependimento

Se você tem sentido suas falhas, não pense que foi excluído da graça, apresente-as a Deus. Confesse a Ele que você é um pecador carente da graça, pois Ele é "fiel e justo para perdoar nossos pecados e nos purificar de toda injustiça" (1 João 1.9).

De fato todos somos pecadores, todos carecemos de Deus e de seu favor. Não podemos simplesmente ignorar nossos pecados, mas também não devemos nos afastar de Deus por sermos pecadores; da mesma forma que um enfermo não pode ignorar sua condição de saúde (fingindo estar bem), mas não deve desanimar a ponto de abandonar a busca pela cura. Não pense que Deus não te chamou para a salvação, se você é capaz de reconhecer que tem pecado, busque a Deus pelo perdão e saiba que esta consciência do pecado é obra de Deus; é a palavra de Deus fazendo efeito na sua vida (1 João 1.10).

Imagine se você fosse incapaz de sentir dor; você sofreria todo tipo de ferimentos e não se incomodaria com eles, ainda que eles pudessem te encaminhar para a morte. Assim, se você sente suas falhas, isto não é um mau sinal. Ruim seria se você ignorasse seus erros (Leia Lucas 18.9-14). O arrependimento é obra do Espírito Santo, pois o homem natural (que não conhece a Deus) ignora seus erros.

Lembre-se, se você errar, Jesus é o seu intercessor (advogado) junto ao Pai. Ele se ofereceu pelos seus pecados, pelos meus pecados, pelos pecados de todo o mundo (1 João 2.1,2). Não somos justos ou perfeitos em nós mesmos; Deus é quem nos justifica e nos aperfeiçoa!

Que a paz do Senhor Jesus seja contigo.

Tenha uma ótima semana!

Nenhum comentário:

Seguidores