sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Uma comida diferente



"Disse Jesus: 'A minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou e concluir a sua obra.'"
(João 4.34 - NVI)

Foto: ComidaAlimentação é uma necessidade de primeira importância, ninguém suporta muitos dias de fome. Imagine estar de estômago vazio e ver pessoas comendo ao seu redor, é algo bastante perturbador; você não se sentiria bem, passando por algo assim. Comer é bom, faz bem e nós necessitamos fazê-lo várias vezes ao dia; temos três refeições diárias (alguns têm mais, outros têm menos) e nenhum de nós quer ser privado de qualquer uma delas. Agora suponha que outra coisa na sua vida fosse tão necessária quanto a comida, pense bem, você deixaria essa coisa de lado e se preocuparia com outras?

Certa vez os discípulos foram comprar comida e deixaram Jesus sentado à beira de um poço. Ali, Jesus, cumprindo a vontade do Pai, transmitiu a Verdade a uma mulher que fora lá buscar água. Os discípulos voltaram e não entenderam o que se passava ali e, tão logo a mulher se afastou, puseram-se a insistir com Jesus para que ele comesse alguma coisa. Daí Jesus declarou que tinha algo para comer, mas que os discípulos não conheciam tal comida.

Mas ele lhes disse:"Tenho algo para comer que vocês não conhecem".(João 4.32 - NVI)

E os discípulos, sem entender, pensaram que alguém havia lhe trazido comida.

Então os seus discípulos disseram uns aos outros:"Será que alguém lhe trouxe comida?" (João 4.33 - NVI)

Finalmente Jesus explica que estava fazendo algo tão importante quanto comer; estava fazendo a vontade do Pai.

Disse Jesus:"A minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou e concluir a sua obra."(João 4.34 - NVI)

Jesus não estava fazendo 'greve de fome', ele não estava rejeitando a comida dos discípulos por ser vegetariano ou coisa parecida. Ele apenas estava ensinando que fazer a vontade de Deus é algo tão importante e tão necessário quanto comer. E assim como a comida agrada ao paladar e sacia a fome, fazer a vontade de Deus é agradável e nós sacia espiritualmente.

Você pode ter uma mesa farta de todas as delícias da terra, mas deixando de fazer a vontade de Deus você poderá morrer de fome, fome espiritual. Alimente-se hoje, satisfaça a sua alma. E não diga que não sabe onde achar essa 'comida': A Palavra de Deus te revela a vontade dEle.

Busque a vontade de Deus nas Letras Santas; compreenda o que Deus preparou para você e o pratique: Alimente-se da Palavra!

Jesus respondeu: "Está escrito: 'Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus'". (Mateus 4.4 - NVI)

Que você possa saciar a sua fome espiritual e que em tudo você seja abençoado!

Bom fim de semana.

Nenhum comentário:

Seguidores