domingo, 17 de agosto de 2008

Bem-aventuranças I



"Bem-aventurados os pobres em espírito, pois deles é o Reino dos céus".
(Mateus 5.3 - NVI)

Foto: CasteloO Mestre sobe ao monte e se assenta. Os seus discípulos se aproximam dele, e ele começa a ensinar. Mas o que ele ensina? Ensina que os 'pobres em espírito' são muito felizes, pois o 'Reino do céus' pertence a eles. Fascinante, não? Bem, pode ser fascinante, desde que você entenda duas coisas: O que é ser 'pobre em espírito' em que consiste o 'Reino dos céus'.

E lá vamos nós. Ser pobre em espírito é algo como partilhar da mesma natureza de Cristo, é ser humilde de coração.

Jesus disse:

... e aprendam de mim, pois sou manso e humilde de coração...
(Mateus 11.29 - NVI)

E Paulo ensinou:

Seja a atitude de vocês a mesma de Cristo Jesus, que, embora sendo Deus, não considerou que o ser igual a Deus era algo a que devia apegar-se; mas esvaziou-se a si mesmo, vindo a ser servo, tornando-se semelhante aos homens.
(Filipenses 3.5-7 - NVI)

E o Reino dos céus, em que consiste? O Reino dos céus pode ser entendido como 'a vida que Deus preparou para nós' ou 'a vontade de Deus para nossas vidas'. É a possibilidade de ter comunhão com Deus nesta vida e, ter a firme esperança de desfrutar plena comunhão com o mesmo Deus na eternidade. É viver por Deus, em Deus e para Deus (não falo de alienação social, falo de comunhão com Deus). O Reino dos céus é o Reino de Deus. E como disse Paulo:

O Reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, paz e alegria no Espírito Santo.
(Romanos 14.17 - NVI)

Daí entendemos que para sermos participantes (ou possuidores) de uma verdadeira comunhão com Deus, para vivermos em justiça (sendo justificados por Deus), para experimentarmos plena paz (paz com Deus e paz interior), para sentirmos a verdadeira alegria (pela ação renovadora e consoladora do Espírito), para ingressarmos no Reino de Deus precisamos nos esvaziar de nós mesmos (a exemplo de Cristo) e reconhecer que somos necessitados de Deus, entendendo que não somos auto-suficientes, só Ele é.

Que com um coração humilde possamos sempre dizer ao Pai: Venha o teu reino e seja feita a tua vontade! E seremos muito felizes (bem-aventurados).

Que a graça e paz vos sejam multiplicadas!

Tenham uma semana abençoada.

Nenhum comentário:

Seguidores