sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Vem e vê



"Disse Filipe: Venha e veja".(João 1.46b - NVI)

Foto: Olho azulNenhum versículo caberia melhor para abrir esse espaço. Você é convidado a vir, sempre, e ver que ainda há esperança, que a tua vida tem um grande valor e que nada é sem motivo.

Filipe estava ansioso, feliz, porém muito ansioso. Havia encontrado algo que atendia às suas expectativas, algo que era esperado por cada compatriota seu. Mas onde ele foi encontrar algo tão importate? Na desprezada Nazaré. Sim, em um lugar do qual ninguém esperava que viesse algo de bom, ali ele encontrou a bondade em pessoa, encontrou o Messias de Israel (um tipo de herói, um escolhido).
Filipe não se conteve, saiu a dizer o que havia encontrado. Algo como a cura do câncer, num mundo onde cada ser vivente era canceroso. Então Filipe encontra Natanael, um homem de boa reputação entre o povo, e não tarda em lhe contar a nova:
- Achamos aquele por quem todos esperavam!
Mas ao ouvir a origem da descoberta (Nazaré), Natanael se surpreendeu:
- E pode vir alguma coisa boa de Nazaré? Disse ele.

Nós vivemos esperando por algo que nos complete, que dê sentido à nossa vida: A cura para o nosso câncer, para os nossos vícios mortais, para a nossa honra manchada, para a nossa mente perturbada: a mudança das nossas vidas, a paz.
De onde podemos esperar que venha nossa solução? Filipe já disse: veio de Nazaré!
Vem e vê! Abra os seus olhos e o seu coração. Venha a Cristo, olhe para ele e deixe ele tomar conta da tua vida.

Que a graça e paz estejam sempre contigo!

Nenhum comentário:

Seguidores