quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Três coisas imprescindíveis para a realização do trabalho do Senhor - Final



Em terceiro lugar, para realizar a obra do Senhor, tu precisas…

3º - Vigiar (Neemias 4.9)

Leiamos Neemias 4.9 – "Nós, porém, oramos ao nosso Deus, e pusemos guarda contra eles de dia e de noite."

Vimos que após o desempenho positivo do projeto de Neemias, Sambalate e Tobias tentam interromper o trabalho planejando liderar o ataque de um exército inimigo contra Jerusalém. Automaticamente, Neemias ora e age, ele monta guarda 24 horas por dia em vigilância.

Mais adiante, nos versículos 11 e 12 vemos os inimigos dos judeus fazendo planos para penetrarem sorrateiramente entre eles para mata-los e também uma atitude mais séria de Neemias. Sem perder o foco, ele coloca guardas armados em áreas expostas e incentiva os judeus a confiarem em Deus e decide ousadamente trazer os moradores das aldeias para habitarem na cidade, organizando os homens em turmas de trabalho, dividindo os trabalhadores em duas forças tarefas: uma, montando guarda (vigilância) e a outra, trabalhando. Enquanto isso, Neemias animava o povo no sentido de confiar plenamente em Deus e manter uma frente única e unida em face da crise (Neemias 4.14, 20). Assim, eles trabalhavam do nascer até o pôr-do-sol, sempre vigilantes, e Neemias sempre os motivava a não temerem, pois "…o nosso Deus pelejará por vós".

Que situação difícil. A qualquer momento poderiam ser atacados!

Parar? Nunca.

Assim como Neemias, além de orar e trabalhar, tu precisas vigiar, pois satanás nunca brinca e não desistirá tão fácil.

Neemias vigiava contra os agressores externos.

Da mesma forma, tu precisas observar o contexto externo, as realidades e mudanças que estão ao teu redor, os novos paradigmas sociais que vão surgindo, as novas necessidades do homem que vão aparecendo para poderdes ser eficaz em teus propósitos, enfrentando os problemas "de frente", surtindo efeito positivo e duradouro.

De forma prática, tu precisas entender cada vez mais as realidades que influenciam o mundo em que estás inserido. Na evangelização, por exemplo, tu precisas entender o ambiente e as pessoas que irão receber a mensagem do Evangelho, como são, o que fazem, onde vivem, como se comportam, o que lêem, o nível intelectual, que compreensão têm de Deus, se têm tempo, etc.

Na música, tu precisas cada vez mais entender os gostos musicais dos irmãos que participam do culto juntamente contigo, para que o louvor seja uma expressão comunitária e não apenas o teu gosto pessoal, bem como, analisar as músicas para saber se existem ou não heresias ou falsos pontos de vista teológicos.

Queridos irmãos, precisamos estar constantemente vigilantes contra os males da sociedade pós-moderna. Precisamos estar vigilantes contra o mundanismo, contra a impureza sexual, contra a pornografia, contra o secularismo, contra a indiferença ao trabalho do Senhor e contra o Relativismo, que muito afeta a vida e a moral cristã.

Precisamos cada vez mais entender esses novos conceitos que vão surgindo e, pelo poder do Espírito Santo e da Palavra de Deus, contextualizá-los e influenciá-los. Não podemos permitir o contrário – sermos influenciados por eles! Nessa guerra, quando nos deixamos vencer pelo mundanismo, pelo secularismo, pelo relativismo e demais "ismos" que satanás coloca, significa perder a vida, a santidade, a fé, o amor, e os demais frutos do Espírito. Não podemos perder essa guerra por falta de vigilância!

Um outro aspecto dessa nossa luta é o conflito interno. Veja também que esse era um problema sério, que Neemias enfrentava constantemente. Ele sempre estava lidando com a falta de motivação das pessoas que estavam ao seu redor, Combatendo com a oração e com a Palavra, sempre mostrando a promessa de que "... Deus pelejará por vós", sempre exortando, animando, orando, lutando.

Você tem exortado os irmãos que estão ao seu redor? Você tem incentivado os irmãos a buscar tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, fazendo-os pensar se existe alguma virtude naquilo que fazem ou se são louváveis suas atitudes? Quanto tempo tu destinas para orar em favor dos jovens e adolescentes da Igreja? Quanto tempo tu tens orado pelas crianças? Afinal de contas, tu és bênção ou pedra de tropeço? Em sendo bênção, tens profetizado palavras de vida, de motivação, de força, de alegria, ou, ao contrário, tens sido um hábil profeta da má notícia, mensageiro da mediocridade, pombo correio da fofoca, pessimista e tristonho? Se dependesse exclusivamente de você, sua igreja se desenvolveria ou acabaria? Meus irmãos, para concluir…

4º - Conclusão

Pudemos perceber que o trabalho do Senhor é algo difícil de ser realizado, principalmente quando o fazemos desprezando o fato de que somos dependentes de Deus. Como já dizia Salomão no livro de Provérbio 3.5: "Confia no Senhor de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento". Deus chama para obra e capacita. Precisamos entender que parte d'Ele, não de nós. É com a ajuda do Espírito Santo que poderemos realizar o Seu querer e efetuar.

Por isso, é importante que ao trabalhar para o Senhor, em primeiro lugar, levantes o clamor em oração, para que Deus te guie, dando-te sabedoria e unção para realizar o que está em teus desígnios e para estardes espiritualmente fortificados pelo poder do Espírito Santo; em segundo lugar, tu precisas trabalhar com determinação e seriedade, não abrindo brechas para que o trabalho do Senhor venha a sofrer com atitudes desmotivantes ou a que percas o foco, investindo tempo e recursos em coisas secundárias. Trabalhe, "a mente vazia é a oficina de satanás"; e em terceiro lugar, tu precisas vigiar, montar guarda, entendendo os conflitos e paradigmas exteriores e interiores, mudando, quando necessário, a forma de agir, buscando ser mais eficaz. Busque exortar aos outros, orar pelos outros, profetizar vida e vitória no Serviço do nosso Rei.

Existe uma recompensa. Como nos acerca a Palavra em II Cr 15.7 – "…sede fortes, e não desfaleçam as vossas mãos, porque a vossa obra terá recompensa". Amém.

Bibliografia

AUTO AJUDA ATRAVÉS DA BÍBLIA – Bíblia On Line. VERSÃO 3.1G – VIEIRA, Ismael A R.

SILVA, Haydene Cassé da. "Análise dos Livros Históricos – Esdras e Neemias". Trabalho apresentado em cumprimento parcial às exigências da disciplina Livros Históricos, do curso de Bacharel em Teologia, sob orientação do prof. Jair Marques, Pr. ITEBES. Novembro de 2002.

Dicionário Aurélio Eletrônico – V 2001

Visite: Pastor C@ssé

Nenhum comentário:

Seguidores